O que é “grit”, e por quê isso é tão importante para o sucesso do seu filho?

Angela Lee Duckworth , uma renomada psicóloga e pesquisadora americana aborda em sua palestra entitulada: “Grit, the power of passion and perseverance”, conteúdo e objeto de sua pesquisa: O que faz um aluno ser bem sucedido? Nela ela compartilha conclusões incrivelmente surpreendentes. Leia em poucas palavas os aspectos mais importantes de sua palestra que ainda não foi traduzida para o português.

A pesquisadora , que foi professora no início de sua carreira profissional, começou a perceber que os s alunos que se saiam melhor na sua matéria, não eram necessariamente aqueles que pontuavam com o maior nível de inteligência em testes de QI. Determinada a entender melhor o que acontecia com esses alunos ela se formou psicóloga e pesquisadora nesse assunto. Após diversas análises e observação, ela chegou a conclusão de que em educação a resposta é muito mais psicológica do que motivacional.

Mas se ir bem na escola e na vida depende muito mais do que a capacidade de aprender mais rapidamente ou mais facilmente, será então que a culpa é do professor que não motiva seus alunos o suficiente?  Ou existe uma resposta para essa pergunta, o que diferencia os alunos bem sucedidos daqueles que desistem ou não vão tão bem?

banner

Para responder a seguinte pergunta:  Quem é bem sucedido e por quê? seu time de pesquisa decidiu ir até  Academia militar de West Point , lá eles tentaram prever quais cadetes ficariam em treinamento militar e quais iriam desistir. Foram também pesquisar crianças selecionadas para o Concurso Nacional de soletração e tentaram prever quais crianças iriam mais longe na competição.

Além disso, estudaram professores novatos trabalhando em bairros realmente difíceis, para descobrir quais professores ainda estariam dando aulas ao final do ano escolar, e desses, quais seriam mais eficazes em melhorar os resultados de aprendizagem de seus alunos. Fizeram também parcerias com empresas privadas e pesquisaram quais vendedores conseguiriam  se manter no emprego  e quais ganhariam mais dinheiro.

E em todos estes  diferentes contextos, uma característica se destacou como um importante fator de indicativo de sucesso. E não foi a inteligência social, nível econômico, nem boa aparência, saúde física, ou QI. Foi “grit”.

Mas o que é exatamente, o que quer dizer essa palavra inglesa chamada Grit?

Grit é a paixão e perseverança em metas de longo prazo. Grit é ter resistência. Grit é não desistir do seu futuro todos os dias, não apenas uma semana, e não apenas um mês, mas durante anos, e trabalhando duro para tornar real esse futuro. Grit é viver a vida como ela é:uma maratona, não uma pequena corrida.

A pesquisadora começou então a estudar esse fator grit nas escolas públicas de Chicago. Fez questionários e analisou milhares de calouros de ensino médio  e esperou em torno de mais de um ano para ver quem iria se formar. O resultado demonstrou que as crianças mais determinadas foram significativamente mais propensas a se formar. Mesmo que os pesquisadores tenham separados esses alunos de acordo com determinadas características tais como renda familiar, média de nota nos testes e até  mesmo o grau de segurança  que as crianças sentiam quando estavam na escola.

A determinação foi um fator essencial não apenas em West Point ou na competição Nacional de soletração, mas também em escolas com alto risco de evasão.

Ao final  Angela encerra sua palestra admitindo que a ciência ainda está engatinhando nas pesquisa em determinar como conseguir construir grit em nossas crianças, ou como fazer para lhes ensinar uma ética de trabalho sólida ou mesmo mantê-los motivados a longo prazo. Ela afirma que talento não nos torna determinados pois dados mostram muito claramente que há muitas pessoas talentosas que simplesmente não persistem nos seus compromissos. Na verdade, grit independe ou pode até estar inversamente relacionada com o grau de talento.

Porém ela também afirma que a melhor ideia sobre a construção de grit em crianças é algo chamada “growth mindset.”, isto é, mentalidade de crescimento. Mentalidade de crescimento é   uma ideia desenvolvida na Universidade de Stanford por Carol Dweck: é a crença de que a capacidade de aprender não é rígida, ou seja, pode ser modificada através do seu esforço. Dweck mostrou que quando os alunos leem e aprendem sobre o cérebro e como ele muda e cresce em resposta a desafios, eles são muito mais propensos a perseverar quando falham, isso se dá porque passam a entender que o fracasso não é uma condição permanente.

 

Grit: coragem, determinação, força de caráter

Growth mindset: mentalidade de crescimento

Palestra original em inglês:

Grit: The power of passion and perseverence

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s