Como uma birra da minha filha num supermercado nos Estados Unidos mudou minha percepção

Certo dia, quando morava nos Estados Unidos estava saindo do mercado e minha filha fazia birra, pois  não queria entrar no carro, ela tinha apenas dois anos e estava cansada. Quanto mais tentava convencê-la, mais ela chorava. Até que uma mulher que acompanhava a cena falou alto para todo mundo ouvir “babysitters”. Fiquei indignada! como assim? Certa de que era vítima de preconceito comentei com uma amiga “ só porque minha filha é branquinha de olhos claros os americanos acham que eu sou babá.” E de repente minha amiga Margareth retrucou “será que não é porque você parece muito nova para ser mãe?” Fazia  sentido, ela tinha uma visão totalmente diferente do fato e assim afetou minha percepção.

O motivo para contar esse episódio é para refletir sobre diferentes percepções e como muitas vezes somos levados a erros de julgamento. Conhecer diferentes visões de mundo abre a nossa mente para uma melhor compreensão e análise de fatos, consequentemente influencia positivamente na tomada de decisões.

Num mundo cada vez mais polarizado, precisamos de menos julgamentos, mais empatia e colaboração. 

Nossos jovens podem impactar a forma como o mundo enxerga e se relaciona com o nosso país no futuro. Além da prática do idioma nossos alunos aprendem a enxergar sob a perspectiva do outro e colaborar. Problemas globais exigem colaboração internacional e as soluções no futuro vão depender de habilidades adquiridas hoje na formação dos nossos jovens. 

A exemplo da jovem ativista pelo meio ambiente Greta thunberg nossos jovens têm hoje meios para impactar e serem impactados por boas ações. Acredito na formação dos jovens como cidadãos do mundo para se unirem em prol de causas globais. 

A Connect Students oferece meios para que os alunos possam criar ou participar de projetos internacionais com parceiros do mundo todo para pensar, discutir e encontrar soluções sobre os mais variados temas, tais como violência, preconceito, conservação de meio ambiente, racismo, paz mundial, migração, pobreza, educação, corrupção, etc.

Nós já conectamos alunos para causas globais como “Earth Day”, “International Tolerance , “Global Colaboration Day” e muito mais.

Um dos nossos projetos em andamento é o Planet Earth World Book que tem por objetivo pensar coletivamente sobre os problemas enfrentados pela humanidade levantados pelas Nações Unidas em seus 17 objetivos propostos  e desenvolver um projeto liderado pelos alunos a fim de promover reflexão, efetuando pelo menos uma ação na sua comunidade. Até o momento ele já passou por 10 escolas no Brasil, 10 nos Estados Unidos, França, Inglaterra, Israel, Canadá, Índia e está a caminho da Alemanha.

 Assista no DFTV a reportagem sobre o nosso projeto: