comoensinaringles, ensinar inglês, Idéias para o professor

Como a Conexão Global transforma as perspectivas dos seus alunos em relação ao aprendizado de inglês

Gostaria de compartilhar com vocês a história de superação do professor José Carlos Atayde, da rede pública de ensino, de Manacapuru, Amazonas.

No vídeo, ele conta da sua superação como professor de língua inglesa, em sua primeira experiência com a Conexão global de seus alunos. Ele compartilha sua história de aprendizado e resultados. Também fala dos problemas que enfrentava com os alunos e como a Conexão Global transformou as perspectivas dos seus alunos em relação ao aprendizado de inglês.

“ O que a professora Renata proporcionou para gente, é para além do livro didático e das quatro paredes da sala de aula, para fora da caixinha que eles estavam presos. Muitos deles chegaram e falaram : Professor eu falei com um nativo, falei com pessoas de outros países. Isso para eles é muito enriquecedor porque eles trocaram cultura e experiências com pessoas de outros países.”

Os principais problemas no ensino de inglês 

O professor fala dos problemas que enfrenta diariamente em sua sala de aula como :

  • Necessidade de inovar e motivar seus alunos para engajar nas atividades escolares
  • Falta de interesse e dificuldade dos alunos na língua inglesa
  • A ideia de que é algo muito distante da realidade deles, principalmente para alunos de escolas públicas.
  • Turmas grandes e diversas.

O professor José Carlos ficou sabendo do curso quando assistiu aos meus webinários de 2020, leia o que ele fala dos webinários :

“Achei muito interessante, professores de vários países contribuindo, compartilhando suas experiências e relatos, aquilo que dava certo e também as coisas que não dariam certo. Fui pegando um pouco de cada experiência e vendo o que combinaria com a nossa realidade aqui no Amazonas.”

Curso Conexão Global para professores

Ele fez o meu curso Conexão Global para professores e desenvolveu seu primeiro projeto de conexão global em 2021. O professor fala sobre como aprendeu no meu curso sobre metodologias ativas e como pôde ver o resultado na prática.

“Ela falava sobre metodologias ativas e eu não sabia, não tinha conhecimento a fundo, do que seria. “

“Os alunos na superação, conversando em inglês, realmente utilizando metodologias ativas… e só com o tempo, com o projeto, se desenvolvendo, fui encaixando uma coisa na outra…Isso sim, são metodologias ativas que faz com que o aluno seja autônomo do próprio conhecimento…não estava trabalhando com o livro didático, ou gramática, o aluno pensava e falava em inglês.”

A conexão e prática de inglês com alunos de escolas estrangeiras é transformadora e eficiente, mas também é um novo desafio não apenas para os alunos, mas também para o professor que não é preparado na faculdade para inovar e oferecer oportunidades práticas de aprendizado para seus alunos.

O professor porém superou seus medos, aprendeu com os desafios, resolução de problemas ao longo do processo e saiu do outro lado com excelência.

Veja o que ele fala de toda a preparação e planejamento até a culminância do seu projeto e como o apoio e a minha mentoria individualizada o ajudou na superação de desafios.

“Nesse primeiro contato eu nunca tinha tido essa experiência e para mim foi uma coisa do outro mundo mesmo, mas a professora Renata vai deixando a pessoa relaxada e calma para esse contato. Eu estava muito nervoso nessa primeira vídeo conferência, mas depois da segunda, terceira videoconferência tudo mudou. Ela disse: você vai ver que vai ser “light”, você mesmo sozinho vai dar conta e foi o que acabou acontecendo”

O que a conexão Global proporciona para alunos e professores

Segundo as palavras do professor “ A videoconferência amplia essa oportunidade de aprendizagem dos alunos e professores, sobretudo para a escola que não tem recursos financeiros, eu trabalho numa escola pública, nós temos muitos alunos que não tem condições de ter oportunidades.”

“Era uma turma cheia, com muitos alunos, mas todos eles acabaram participando de forma direta ou indireta.

O projeto trouxe grandes resultados para a escola, o professor e seus alunos, tais como:

  • Certificação do Programa Ciência na Escola, que é um programa patrocinado pelo Governo do Estado do Amazonas para professores que desenvolvem projetos inovadores
  • Novas parcerias e amizade com professores estrangeiros
  • Recursos para três bolsistas, que receberam do governo do Amazonas o valor da bolsa para ajudar o professor neste projeto. Geralmente se escolhem os três alunos mais interessados na língua inglesa.
  • Desenvolvimento de projeto interdisciplinar que além do inglês trabalhou outras disciplinas como geografia, o aluno situa no mapa a localização exata dos países estrangeiros, além de aprender sobre outras culturas, política, filosofia e muito mais. Até os professores aprendem também um pouco de cada disciplina.

Sobre o seu projeto de conexão global premiado no programa Ciência na Escola, desenvolvido sob a minha mentoria :

  • Envolveu a conexão com três escolas estrangeiras: Índia, Estados Unidos e Dubai.
  • Trabalhou o uso dos recursos tecnológicos baseado no ensino de inglês
  • Os alunos montaram questionários para as escolas estrangeiras e também responderam perguntas.
  • Ensinaram e aprenderam diversos aspectos de diferentes países

Fizeram parte do projeto: alunos do sétimo ao novo ano e do 1º ao 3º ano.

No momento o professor está concluindo um outro projeto para ser divulgado. Este projeto é voltado para o meio ambiente e vai trabalhar a conscientização dos alunos em relação ao meio ambiente. Terá a participação de escolas estrangeiras da Grécia, Alemanha, Dubai e Estados Unidos.

Ainda segundo o professor:

“Esse projeto que nós trouxemos para a sala de aula, através da professora Renata fez com que os alunos percebessem como o inglês é importante e está em todos os lugares. É peça principal para que possam alcançar uma carreira de sucesso e hoje eles estão muito felizes por cada vez mais se conectarem com vários países. “

“Aos finais de semana os alunos estão indo para a capital, Manaus e estão indo para lá, para estudar inglês porque eles se sentiram motivados em querer aprender mais.”

Assista o vídeo, espero que goste dessa história de sucesso e superação,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s